970_x_90_-_Curso_de_Cobrança_-_Boneco_Co

Suspenderam a Negativação?

Devedor terá mais prazo para renegociar antes de ter o nome sujo, dizem birôs.

Nome Sujo

O prazo era de 10 dias, a partir da comunicação sobre a negativação, e agora foi ampliado para 45 dias, segundo a Associação Nacional dos Bureaus Crédito (ANBC)

A Associação Nacional dos Bureaus Crédito (ANBC), representante de Serasa, SPC Brasil e outras empresas, prorrogaram o prazo para o devedor, pessoa física ou jurídica, ter o nome sujo a partir do momento em que é comunicado que será negativado.

O prazo era de 10 dias e agora e foi ampliado para 45 dias, em função da crise causada pela pandemia do novo coronavírus. A medida está valendo desde o dia 17 de abril, pelo período de 90 dias, e pode ser prorrogada caso necessário.

Segundo a entidade, o objetivo da mudança é proporcionar o tempo necessário para as renegociações entre as partes nesse momento crítico e garantir a proteção de consumidores e empresas.

"O crédito é um instrumento fundamental na economia e mais do que nunca necessário à retomada das atividades produtivas no país e ao bem- estar social", diz a associação, em nota.

A ANBC destaca a importância de manter o fluxo de informações para avaliação do crédito neste momento e diz que entende ser necessário abrir espaço para que credores, consumidores e empresas conversem e renegociem seus créditos de forma responsável.

A entidade firma, ainda, que as informações incluídas em suas bases de dados poderão auxiliar as autoridades governamentais a compreender o que está acontecendo na economia e direcionar ajuda financeira para as empresas e indivíduos que mais precisam.

Cobrança, Anbc, Serasa

CINCO PASSOS PARA REDUZIR A INADIMPLÊNCIA
Destaques