970_x_90_-_Curso_de_Cobrança_-_Boneco_Co

Inadimplência Recua pela 6ª vez seguida em Fev/2021


Com sexta queda consecutiva, inadimplência retoma patamar anterior à pandemia


De acordo com a última Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o percentual de famílias com Contas ou Dívidas em Atraso apresentou a 6ª queda consecutiva.






A proporção das famílias que se declararam muito endividadas caiu para 13,9%, menor parcela desde setembro de 2019. A comparação anual também mostra redução do indicador, que evidencia a percepção individual da família quanto ao nível de endividamento das pessoas que vivem na mesma casa.




Dentre os tipos de dívida apurados além do cartão de crédito, cheque pré-datado e crédito consignado foram as duas outras modalidades com avanço no mês.




Nem tudo são flores, o percentual de famílias com dívidas no País cresceu pela terceira vez em fevereiro, com incremento no número de famílias endividadas enquadradas no grupo de maior renda. Nota-se que a proporção de famílias com dívidas tem crescido de forma mais intensa entre as famílias com mais de 10 salários mínimos mensais desde novembro do ano passado.







Curso de Cobrança


A parcela das famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso – e que, portanto, permanecerão inadimplentes – igualmente se reduziu pelo sexto mês, passando de 10,9% em janeiro para 10,5% do total de famílias em fevereiro. O indicador havia alcançado 9,7%, em fevereiro de 2020, e, com a redução neste mês, alcançou o menor nível desde abril de 2020 (9,9%).




Já o tempo médio de atraso na quitação das dívidas das famílias inadimplentes aumentou entre junho e dezembro, mas caiu neste início de 2021, atingindo 62,1 dias em fevereiro, menor prazo desde setembro de 2020.



Em relação à capacidade de pagamento, entre as famílias endividadas, a parcela média da renda comprometida com dívidas caiu para 30,2% da renda mensal, ligeira queda em relação aos 30,3% apontados em janeiro.


Também entre as famílias com dívidas, 21,1% afirmaram ter mais da metade da renda mensal comprometida com pagamento dessas dívidas em fevereiro, menor patamar desde fevereiro do ano passado.






CINCO PASSOS PARA REDUZIR A INADIMPLÊNCIA
Destaques
Artigos Recentes
 Tags
300_x_600_-_Curso_de_Cobrança_-_Boneco_C
Receba Dicas de Cobrança, Negociação & Produtividade
Cadastre Agora!
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • LinkedIn ícone social

Dúvidas e Sugestões:

Copyright © 2017 -  Sacadas de Cobrança – todos os direitos reservados.       |        Política de Privacidade