970_x_90_-_Curso_de_Cobrança_-_Boneco_Co

Inadimplência Recua pela 6ª vez seguida em Fev/2021


Com sexta queda consecutiva, inadimplência retoma patamar anterior à pandemia


De acordo com a última Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o percentual de famílias com Contas ou Dívidas em Atraso apresentou a 6ª queda consecutiva.






A proporção das famílias que se declararam muito endividadas caiu para 13,9%, menor parcela desde setembro de 2019. A comparação anual também mostra redução do indicador, que evidencia a percepção individual da família quanto ao nível de endividamento das pessoas que vivem na mesma casa.




Dentre os tipos de dívida apurados além do cartão de crédito, cheque pré-datado e crédito consignado foram as duas outras modalidades com avanço no mês.




Nem tudo são flores, o percentual de famílias com dívidas no País cresceu pela terceira vez em fevereiro, com incremento no número de famílias endividadas enquadradas no grupo de maior renda. Nota-se que a proporção de famílias com dívidas tem crescido de forma mais intensa entre as famílias com mais de 10 salários mínimos mensais desde novembro do ano passado.